quarta-feira, 16 de abril de 2014

AMÉRICO TOMÁS EM ALCOBAÇA ELEIÇÕES PARA AS JUNTAS DE FREGUESIA (1967)



 



AMÉRICO TOMÁS EM ALCOBAÇA
ELEIÇÕES PARA AS JUNTAS DE FREGUESIA (1967)

Fleming de Oliveira

Pouco tempo depois de ter sido reeleito, Américo Tomás efetuou, em outubro de 1964, em visita de três dias ao Distrito de Leiria, concretamente a Alcobaça, onde visitou o Mosteiro.
Segundo O Alcoa, a visita de Américo Tomás, decorreu no meio de apoteose com, morteiros e foguetes que subiam ao ar ao mesmo tempo que calorosas salvas de palmas e vivas ao Chefe de Estado e Prof. Oliveira Salazar, se ouviam.
Américo Tomás voltaria a Alcobaça, em 20 de julho de 1967, a propósito do 25º. aniversário da CIBRA, tendo aproveitado para inaugurar a primeira fase da distribuição de água a Pataias e para recolher alguns donativos de trabalhadores da cimenteira, para a Fundação Salazar…

Em 22 de outubro de 1967, a partir das 9 horas, ocorreram em todo o País eleições para as Juntas de Freguesia, pelo que no Governo Civil de Leiria, reuniram-se atempadamente com o Chefe do Distrito, os respetivos Presidentes de Câmara, Presidentes das Comissões Distritais e Concelhias da União Nacional.
Segundo os dados oficiais, encontravam-se recenseados no País, cerca de 1.400.000 Chefes de Família. Para o Regime, estas eleições eram  alegadamente  importantes, pois iriam ser votadas as pessoas que, em representação das Famílias, se propunham dirigir os interesses, que mais diretamente lhes dizem respeito. Depois, porque os eleitores, nos termos da Lei em vigor, iriam ainda participar direta e indiretamente na escolha de órgãos da Administração Municipal e Distrital. Ao nível Local, o Conselho Municipal designava os vereadores. A nível Distrital, designava os procuradores aos Conselhos Distritais e Juntas Distritais.
Aquando da reunião em Leiria, já haviam sido apresentadas aos respetivos Presidentes das Câmaras, as listas de candidatos efetivos e suplentes. As Freguesias, eram entendidas como as comunidades das Famílias que, em determinada fração do território nacional, exerciam ação social comum e a mais elementar, básica e natural das instituições locais. Na organização político-administrativa do Estado Corporativo, na sua estrutura piramidal, as Juntas de Freguesia que eram a base através de uma representação a nível municipal, concorriam para a formação da Câmara Corporativa e através desta para a eleição do Presidente da República.
Vou recordar alguns nomes e candidatos/eleitos/nomeados para as Juntas de Freguesia, do Concelho de Alcobaça em 1967. Alcobaça: Amílcar dos Santos Cesário;
Alfeizerão: Joaquim Ladeira;
Alpedriz: João Ascenso Machado;
Bárrio: João Correia Carlos;
Benedita: António da Silva Quitério;
Cela: Mário da Silva Cebola;
Évora: José Júlio Caldeira;
Maiorga: António Rosa Henriques;
Pataias: José Francisco Rino;
Prazeres: João de Almeida;
S. Martinho do Porto: Armando Figueiredo Costa;
S. Vicente: José Vitorino Pereira;
Turquel: Aníbal Honório Coelho;
Vestiaria: Francisco Vitorino André;
Vimeiro: João José Peralta.
NOTA-cfr. o nosso, NO TEMPO DE SALAZAR, CAETANO E OUTROS


Sem comentários: